INTÉRPRETES DE CONFERÊNCIA

Temos um vasto leque de intérpretes de conferência, especializados em várias áreas e com formação nas mais prestigiadas escolas nacionais e internacionais.


EMCI - European Masters in Conference Interpreting

A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, instituída em 1911, oferece atualmente, para além de um vasto leque de cursos na área das línguas, literaturas e culturas, um Curso de Especialização e um Mestrado em Interpretação de Conferência. Este Curso está integrado no consórcio EMCI, que pretende promover as melhores práticas no ensino da interpretação de conferência através de várias escolas de referência a nível europeu. Este Curso tem o apoio de dois dos maiores serviços de interpretação de conferência a nível mundial: a Comissão Europeia e o Parlamento Europeu.


ESIT - École Supérieure d'Interprètes et de Traducteurs

Esta Escola Superior, criada em 1957 e integrada na Universidade da Sorbonne Nouvelle Paris III, visa promover a formação de tradutores especializados, mas também de intérpretes de conferência e de intérpretes de língua gestual francesa. O renome desta escola ultrapassou desde muito cedo as fronteiras francesas e ajudou a divulgar as boas práticas no exercício da profissão de tradutor e de intérprete de conferência. Tal como a Faculdade de Letras de Lisboa, também faz parte do consórcio EMCI.


ISTI - Institut Supérieur de Traducteurs et Interprètes

Este Instituto Superior, criado em 1958, tem as suas instalações numa das cidades com o maior número de organizações internacionais: Bruxelas. Nesta cidade, onde as línguas sempre tiveram um papel relevante, o ISTI promove a formação de tradutores e intérpretes de conferência que depois podem integrar instituições como a Comissão Europeia, Parlamento Europeu, ONU, etc. O ISTI integra a lista de escolas do EMT (European Masters in Translation), que é atribuído pela Direção Geral de Tradução da Comissão Europeia às melhores escolas nesta área.


ISAI - Instituto Superior de Assistentes e Intérpretes

O Instituto Superior de Assistentes e Intérpretes foi um dos primeiros estabelecimentos de ensino em Portugal a lecionar a tradução, evoluindo depois naturalmente para a interpretação de conferência. Com grande tradição na tradução, lançou-se na interpretação de conferência em 2001, com a Pós-graduação em Interpretação Simultânea. Apesar da fusão entre ISAI e ISAG - Instituto Superior de Administração e Gestão, a área das Línguas Aplicadas continua a ter um papel preponderante, visando formar profissionais que possam responder às necessidades atuais de um mercado em constante mutação. 

Orçamento Interpretação