A AP | PORTUGAL disponibiliza uma vasta gama de serviços de tradução simultânea de acordo com as suas necessidades: encontros de negócios, conferências, congressos ou outros. Selecionamos os profissionais de tradução simultânea mais indicados para o projeto tendo em conta o idioma e área de especialização, garantindo assim uma elevada qualidade de comunicação para os seus eventos com tradução simultânea.

Saiba mais sobre os nossos serviços de tradução simultânea e de interpretação em geral abaixo.



AP | Portugal Tradução simultânea

Tradução simultânea

(Tradução simultânea de conferência/congresso)

A interpretação simultânea requer uma equipa de tradução simultânea constituída por dois intérpretes de conferência, por idioma e por cabina, que se revezam, em princípio, de meia em meia hora. Os intérpretes trabalham numa cabina de tradução simultânea insonorizada e ouvem, através de auscultadores, o discurso do orador, proferido na sala para um microfone. Quase em simultâneo, devolvem a mensagem para outro microfone. Os ouvintes dispõem de auscultadores para poderem selecionar o canal que lhes permitirá ouvir a interpretação da conferência na língua da sua escolha.

O seu objetivo é estabelecer a comunicação entre o orador e o público, passando a mensagem de uma língua para outra, com naturalidade e fluência, fazendo sua a elocução, o tom e as convicções do orador, exprimindo-se, para esse efeito, na primeira pessoa. A função do profissional intérprete de conferência ou de tradução simultânea não é traduzir cada palavra que os oradores articulam, mas transmitir as ideias que exprimem, permitindo-lhes assim comunicar entre si.

O tradutores intérpretes podem ser contratados por organizações internacionais (UE, ONU, NATO, etc.), pelo setor público (governo, ministérios, agências nacionais, etc.) ou pelo setor privado (empresas, associações, etc.). Podem exercer a sua profissão como profissional liberal ou como assalariado.

Na tradução simultânea, o intérprete de conferência tem uma formação universitária e presta os seus serviços apenas para intervenções orais.

AP | Portugal Interpretação consecutiva

Interpretação consecutiva

Na interpretação consecutiva, o intérprete senta-se junto do orador, ouve o discurso e, com a ajuda de notas, traduz o segmento logo a seguir ao orador. A intervenção pode durar vários minutos, pelo que é essencial dominar bem a técnica de tomada de notas, a fim de reproduzir convenientemente tudo o que o orador disse. Embora a interpretação consecutiva tenha atualmente sido largamente substituída pela interpretação simultânea, esta continua a ser preferida em certo tipo de reuniões (almoços de trabalho, reuniões de grande componente técnica, etc.).

Ao contrário da interpretação ou tradução simultânea, a tradução consecutiva não requer o uso de cabinas, mas apenas de sonorização quando a sala é grande ou os ouvintes muito numerosos.

AP | Portugal Interpretação sussurrada

Interpretação sussurrada (chuchotage)

Na interpretação sussurrada (ou murmurada), o intérprete ouve o discurso proferido pelo orador e sussurra-o, em simultâneo, ao ouvido de um ou, no máximo, dois delegados.


AP | Portugal Interpretação de liaison

Interpretação de liaison ou community interpreting

A interpretação de liaison ou community interpreting é a interpretação que é feita em serviços públicos como, por exemplo, Finanças, Segurança Social, hospitais, etc. Este tipo de interpretação surgiu essencialmente em locais onde havia muita imigração e culturas multilingues, obrigando as circunstâncias a que os serviços públicos contratassem intérpretes para poder dar seguimento aos pedidos dos imigrantes.

Atualmente, este tipo de interpretação é mais adequado para pequenas reuniões que envolvem poucos participantes, permitindo ao intérprete fazer uma interpretação semelhante à consecutiva, mas com mais intervalos. Tal como o nome indica, este tipo de interpretação serve para estabelecer uma ligação entre as delegações estrangeiras e a comunidade local.


AP | Portugal Interpretação jurídica

Interpretação jurídica

A interpretação jurídica ocorre geralmente em tribunais (civis, penais, etc.), mas também pode ser necessária em esquadras de polícia aquando de interrogatórios. Nestes casos, como por exemplo na audição de uma testemunha, dá-se quase sempre preferência à interpretação consecutiva. Porém, quando se trata de um julgamento, o processo torna-se muito mais célere se for utilizada a interpretação ou tradução simultânea, independentemente de estar apenas a servir o arguido ou todo o público que assiste ao julgamento.

Quando o arguido não compreende a língua que está a ser falada no tribunal, tem direito a um intérprete, estando este direito frequentemente contemplado na própria Constituição do país.

Os intérpretes que fazem este tipo de interpretação têm, para além das suas competências linguísticas, conhecimentos dos procedimentos jurídicos e são, habitualmente, intérpretes ajuramentados. Contudo, nem todos os países têm a profissão de intérprete ajuramentado bem regulamentada. Nesse caso, é o Ministério dos Negócios Estrangeiros que fornece normalmente uma lista dos referidos intérpretes.


AP | Portugal Aluguer material interpretação

Aluguer de material para tradução simultânea 

A AP | PORTUGAL tem vários protocolos com algumas das melhores empresas de audiovisuais em todo o país.

Conseguimos, deste modo, em virtude do grande volume de trabalho que produzimos ao longo do ano na área da tradução simultânea, oferecer aos nossos clientes projetos chave na mão a preços altamente competitivos.


Materiais/serviços adicionais que disponibilizamos para tradução simultânea:
Microfones | Mesas de som | Cabinas | Recetores | Auriculares | Projetores | Plasmas | Vídeo | Produção de Mini-vídeos | Gravações live

Orçamento gratuito interpretação

    Tradução Simultânea e Serviços de Interpretação

Qual é a diferença entre tradução simultânea e de conferência?

Tradução simultânea é um termo frequentemente utilizado, porém o mais correto será dizer "interpretação de conferência". A interpretação simultânea é sinónimo de interpretação de conferência.